EXCELÊNCIA EDUCACIONAL

QUANDO A ESCOLA FAZ A DIFERENÇA

DESTAQUES DA VINCI

Navegue aqui e conheça todos os nossos diferenciais

Qualificação da Equipe Técnico Pedagógica e do Corpo Docente

São muitos os desafios que cercam uma instituição de ensino, e a pandemia da Covid-19 evidenciou, mais uma vez, o valor da formação continuada do corpo docente.

Nossa equipe técnico-pedagógica possui a qualidade e a organização necessárias para fazer a diferença na qualificação dos(das) professores(as), estimulando e cooperando para que cada um(a) cumpra com excelência sua missão na nossa Instituição e na educação. Essa equipe, observando as questões encontradas no cotidiano da escola, proporciona a si mesma e aos docentes o desenvolvimento da habilidade de coletar, analisar, levantar hipóteses e encaminhar propostas e soluções.

O ideal é que a formação continuada ocorra dentro e fora da escola, num processo articulado. O espaço da escola oferece oportunidades, mas cada um(a) deve também buscar oportunidades necessárias ao seu desenvolvimento em outros espaços.

Nesse processo complexo, é preciso valorizar experiências, com momentos de exposição de ideias e expectativas e desenvolvendo cada vez mais postura crítica diante das múltiplas interpretações e ações.

Espaços de formação não se restringem somente a cursos e/ou treinamentos. Momentos semanais de estudo, debates, oficinas de problematização, leituras, criação de atividades variadas, projetos de inovações curriculares e metodológicas e compartilhamento de boas práticas capacitam nosso corpo docente continuamente, tornando os processos de ensino e de aprendizagem mais inovadores. Assim, o estímulo à apropriação de conhecimentos e a busca de novos saberes favorecem uma contínua e fecunda inquietação motivando nossa equipe técnico-pedagógica e nosso corpo docente a viver a prática pedagógica considerando as surpresas do cotidiano escolar, a criação e o diálogo com o novo.

Incentivar e motivar a cada um dos professores é um compromisso e um investimento importante para a excelência educacional evidenciada pela competência técnico-científica, cidadã e ética da nossa equipe. Profissionais empenhados, em cooperação, para alcançarmos nossa missão de “educar pessoas éticas e competentes capazes de inspirar gerações na construção de um mundo melhor”.

Um corpo docente qualificado como o do Leonardo da Vinci é capaz de promover situações de aprendizagem muito além da sala de aula e das fronteiras dos componentes curriculares, capacitando nosso estudante para enfrentar os desafios da vida e ser feliz.

Nilce Macedo
Diretora Pedagógica



Missão Projeto de Vida

O Novo Ensino Médio e a BNCC já fazem parte da rotina do Leonardo da Vinci. Uma das premissas desse novo momento da educação básica é que os currículos deverão considerar a formação integral dos alunos, de maneira a realizar um trabalho voltado para a construção dos seus projetos de vida e para sua formação nos aspectos físicos, cognitivos e socioemocionais.

O protagonismo e a autoria são estimulados na BNCC desde o Ensino Fundamental. A novidade do Ensino Médio é a possibilidade de escolha de parte da carga horária para aprofundar as habilidades das áreas com que os estudantes mais se identificam. O desafio agora é que, com a liberdade de escolha, o estudante carrega a responsabilidade de construir uma jornada com autonomia. Esse cenário tornou central o Projeto de Vida na escola, um espaço de reflexão permanente sobre a trajetória escolar dos alunos, um ambiente de mentoria e orientação para garantir que esse processo ocorra de maneira segura e assertiva.

A preparação desses alunos iniciará no Ensino Fundamental com o Projeto Para Ser +, iniciativa voltada para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais ao longo dos anos iniciais e finais dessa etapa da educação básica, para que os estudantes possam fazer suas escolhas de forma consciente, a partir da análise de tudo o que os cerca.

Quando o estudante alcançar o Ensino Médio, ele contará com as habilidades necessárias para realizar escolhas alinhadas ao seu Projeto de Vida. A autonomia para compor parte do seu tempo na escola será desenvolvida em três etapas: autoconhecimento, empreendedorismo e orientação vocacional.

A Missão Projeto de Vida será componente obrigatório do Ensino Médio do Leonardo da Vinci e proporcionará para o estudante um espaço de promoção de um olhar integral sobre si, sua história e seus objetivos. A intenção é que os estudantes se sintam protagonistas e se identifiquem com a construção de suas escolhas presentes ou futuras. O projeto contará com um espaço de mentoria individualizada, visitas guiadas às universidades, fóruns de debate sobre hábitos de estudos, planejamento, múltiplas estratégias de aprendizagem e resolução de provas. A ação também contará com o Laboratório da Vida Profissional, ambiente dedicado ao diálogo sobre profissões do futuro, mercado de trabalho e perspectiva empreendedora, contando com a participação de empresas juniores e startups de atuação no Distrito Federal. Por fim, o projeto também trabalhará com a dimensão afetiva do aprendizado, tratando de autocuidado, saúde mental e felicidade no contexto escolar.

Bruno Borges
Professor

Equipe Missão Projeto de Vida

A Equipe Missão Projeto de Vida é formada por um time de professores selecionados para acompanhar e executar com o estudante todo o percurso de concretização de seu projeto de vida até a conclusão do Ensino Médio.

As atribuições se desenvolvem sob muitos aspectos: vão desde os processos de orientação sobre processos seletivos de instituições de Ensino Superior até o acompanhamento de indicadores de aprovações nas mais variadas instituições do país.

Entre as contribuições dessa Equipe, destaca-se o atendimento semanal feito aos estudantes que demandam orientação vocacional e profissional. Por meio da escuta dos estudantes que desejam discernir passos que orientarão seu projeto de vida, a equipe do Missão Projeto de Vida, por meio de mentoria, intenta promover o autoconhecimento de habilidades e competências, vetores que mobilizam os estudantes, tendo em vista sua realização pessoal e profissional. A orientação está pautada em indicadores como notas de corte, sistemas de seleção, instituições de ensino nacional e internacional, desejos e aspirações dos estudantes. A variedade de possibilidades é imensa já que contamos, também, com vivências entre estudantes que desejam alcançar uma carreira e ex-alunos do Leonardo da Vinci; a ideia é que, no encontro entre presente e futuro, os estudantes se sintam contemplados em suas necessidades e vislumbrem seus sonhos e projetos.

A fim de criar estratégias para os processos seletivos, analisamos o desempenho dos estudantes nos Simulados PAS e ENEM e, juntos, propomos metas estratégicas a curto, médio e longo prazos a serem alcançadas tendo em vistas seu objetivo.

No campo do autoconhecimento, a Equipe Missão Projeto de Vida desenvolve com o grupo de estudantes atividades reflexivas que mobilizem as habilidades de autogestão, autorregulação e empatia. As atividades recorrem às metodologias ativas para que o protagonismo juvenil seja atuante em todos os aspectos da etapa. Dispomos de atividades variadas: uso de biografias, literatura, storytelling e vivências do grupo.

Para promover empreendedorismo e mobilizar habilidades de assertividade, adaptabilidade e planejamento, contamos com mesas redondas compostas por ex-alunos que têm desenvolvido suas escolhas tendo por base a criatividade e a disposição em empreender em empresas juniores de universidades ou startups.

A Equipe Missão Projeto de Vida vem para propor aos estudantes que realizem suas escolhas profissionais mobilizando habilidades de autocuidado, colaboração e inovação na decisão por uma opção de curso que satisfaça seus objetivos, anseios e lhe proporcione felicidade. Essa iniciativa é o Novo Ensino Médio acontecendo no Leonardo da Vinci!

André Oliveira
Professor